EDTA

Sigla para ácido etilenodiamino tetra-acético, é um agente quelante orgânico que sequestra íons metálicos encontrados especialmente na água, agregando-os em sua estrutura química.

Quelante ou sequestrante são componentes utilizados em cosméticos para evitar problemas de estabilidade, como mudança de cor, cheiro e aparência. Isso significa que o EDTA absorve os metais pesados livres presentes no meio, reduzindo, dessa forma, a reatividade desses íons com os demais componentes de uma formulação cosmética, prevenindo reações indesejadas como alterações em fragrâncias, mudança na coloração dos produtos, oxidação e degradação e redução da espuma. Assim, com o uso do EDTA é possível melhorar a estabilidade dos produtos, fazendo com que se mantenham em boas condições de uso por mais tempo.

Esse ingrediente é classificado como esperado para ser tóxico ou nocivo. Além disso, o EDTA é um poluente orgânico persistente (POP) e, principalmente, quando forma um complexo com metal, tanto a remoção deste metal quanto a sua degradação é complicada, pois os íons metálicos retardam a degradação de contaminantes orgânicos.

Alternativa natural: O EDTA pode não ser tão agressivo para o nosso corpo, mas com toda a certeza, é um problemão para o meio ambiente. Por isso, é importante sempre optarmos por cosméticos naturais que se preocupam não só com o bem do nosso corpo, mas também com o que é depositado no meio ambiente.

Pode ser encontrado nos rótulos pelos nomes de: disodium EDTA; trisodium EDTA; calcium disodium EDTA; ethylenediaminetetraacetic acid.

COMPARTILHAR

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *